Barão de Itararé: humor nas horas difíceis

Acompanhe a série de programas de webrádio que resgata a memória e obra de Aparício Torelly, O Barão de Itararé, patrono da imprensa humorística política brasileira e pai da imprensa livre e alternativa.

Roteiro, produção e trabalhos técnicos: Sergio Papi.

Apresentação: Simão Zygband.

Participal especial: Zezinho Mendes André.

Segundo Programa – Trilha Sonora: “Pérolas”. O bandolim virtuoso de Jacob.
Primeiro programa –
Trilha sonora: “Na Glória”. No trombone, Raul de Barros.

6 comentários em “Barão de Itararé: humor nas horas difíceis

  • 16 de março de 2019 em 12:51
    Permalink

    Muito bom! Viva o Barão!

    Resposta
    • 16 de março de 2019 em 15:08
      Permalink

      O melhor de tudo é de todos! Eterno!!!

      Resposta
  • 16 de março de 2019 em 16:32
    Permalink

    Adorei o programa sobre o Barão de Itararé , histórias incríveis com produção bem elaborada, gostaria de sugerir um programa sobre Stanislaw Ponte Preta – Sérgio Porto.

    Resposta
    • 16 de março de 2019 em 18:08
      Permalink

      Sergio Porto foi estagiário do Barão em um jornal que tinha como lema: “Não se dobra e não se vende”. Claro! Era em formato tabloide e distribuído de graça. Boa lembrança. Tá na pauta. Nosso objetivo no canal memória do site é justamente resgatar nossa história e cultura.

      Resposta
  • 18 de março de 2019 em 20:00
    Permalink

    adorei o programa……genial….parabéns! Comuniação com qualidade

    Resposta
  • 28 de março de 2019 em 23:59
    Permalink

    Grande barão de Itararé!
    Foi nosso mais nobre barão!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *